SEST SENAT PROMOVE EVENTO EM PARCERIA COM O CEREST PARA A ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL NO MUNICIPIO DE CABO DE SANTO AGOSTINHO

0
539

O SEST SENAT em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde do Cabo de Santo Agostinho, através do CEREST – Centro de Referência em Saúde do Trabalhador promoveu na quinta-feira (12), o VI Fórum Intersetorial de Saúde do Trabalhador (a) e Trabalho Infantil. O evento foi realizado no espaço do SEST SENAT das 8h às 17h, abordando o tema: “Todos devem notificar” a partir do direcionamento da diretora da Unidade do SEST SENAT do Cabo de Santo Agostinho Ângela Lima e da Coordenadora do CEREST Rubenita Sobral.

         O fórum teve como objetivo fortalecer a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente com outros instrumentos sociais para a prevenção e combate do trabalho infantil no município de Cabo de Santo Agostinho, fomentando a comunicação de riscos e agravos à saúde por meio das notificações com ocorrências relacionadas ao público infanto-juvenil. O evento contou com a roda de diálogo “A Intersetorialidade no Combate ao Trabalho Infantil” com a presença da assistente social Mirelly Leal do AEPETI da Secretaria de Promoção Social de Cabo de Santo Agostinho; Anderson Leandro, Superintendente da Atenção Primária de Cabo de Santo Agostinho; Daniele Moura, coordenadora da Rede de Saúde Mental da Média Complexidade de Cabo de Santo Agostinho e Carlos Antônio, Presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cabo de Santo Agostinho (COMDCASA).

       Durante o fórum, a diretora Ângela Lima divulgou os serviços e estrutura da unidade, destacando a relevância da integração do SEST SENAT junto ao Município de Cabo de Santo Agostinho.  Em seguida, a Coordenadora de Promoção Social do SEST, Anne Rafaele Santos facilitou a palestra “Riscos Psicológicos do trabalho infantil e a atuação do SEST SENAT”, na qual apresentou o Projeto PROTEÇÃO e as ações desenvolvidas para o combate do Abuso e Exploração Sexual da Criança e Adolescente através da multiplicação de agentes protetores para este fim como os trabalhadores de transporte que percorrem as estradas pelo Brasil. Na ocasião, a coordenadora ampliou o debate, apontando outras estratégias possíveis para a erradicação do Trabalho infantil através do Projeto PROTEÇÃO e frentes de atuação da equipe do SEST SENAT. A instrutora de Esporte do SEST, Monica Oliveira, realizou uma ginástica laboral e apresentou o espaço de Esporte e Lazer da unidade para fortalecer a construção da Rede Municipal do Cabo de Santo Agostinho junto ao SEST SENAT.

           O evento foi finalizado com as palestras sobre “A importância das notificações dos acidentes relacionados ao trabalho com crianças e adolescentes para ações de enfrentamento desses agravos” e “A importância da notificação de violência relacionada ao trabalho infantil para a construção de políticas de forma intersetorial”. A primeira, ministrada pela psicóloga Ana Lúcia do CEREST Estadual PE e a segunda pela apoiadora de vigilância em saúde da coordenação de vigilância de acidentes e violências (SEVS/SES-PE).

                Durante o Fórum, várias dúvidas foram dirimidas e parcerias construídas junto a Unidade SEST SENAT do Município de Cabo de Santo Agostinho.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here