Produção brasileira de biodiesel totaliza 315 m³ em junho

0
2896
A produção de biodiesel registrada em junho deste ano foi de 315 m³. O valor é superior aos 309 m³ computados no mês de maio. Já o volume produzido no ano, acumulado de janeiro até junho, atingiu 1.887 mil m³. O total é 2,3% inferior na comparação com o mesmo período de 2015, que alcançou 1.931 mil m³.
Os dados são da edição nº 101 do Boletim dos Combustíveis Renováveis, publicação elaborada pelo Ministério de Minas e Energia (MME).
A capacidade instalada autorizada a operar comercialmente, em junho, ficou em 7.123 mil m³/ano, o que corresponde a 594 mil m³/mês.
Desse total, 91% são referentes às empresas detentoras do selo combustível social. Em junho, 48 unidades estavam aptas legalmente a operar com uma capacidade média instalada de 148 mil m³/ano.
A Região Centro-Oeste liderou a produção de biodiesel no cenário nacional, com a participação de 40%. Já a Região Sul foi responsável por 38% da produção brasileira, seguida pelo Sudeste, com 12%. As Regiões Nordeste e Norte representaram, respectivamente, 7% e 3% da soma.
Com relação às matérias-primas utilizadas na produção de biodiesel, no acumulado até o mês de maio, a participação das três principais matérias-primas foi de 77,5% soja, 16,8% gordura bovina e 1,1% algodão.
 
 
Produção de etanol
No terceiro mês da safra 2016/17, a produção de etanol foi de 3,1 bilhões de litros, redução de 1,6% em relação à produção do ano anterior.
A produção de anidro foi de 1,3 bilhão de litros, redução de 4% em relação à safra anterior. Já a produção de hidratado foi de 1,8 bilhão de litros.
Em junho, o consumo de etanol foi de 2,2 bilhões de litros, sendo 0,9 bilhão de litros de anidro e 1,3 bilhão de litros de hidratado. Em 2016, já foram consumidos 10,5 bilhões de litros de etanol. Os números referentes ao etanol são do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).
Extraído de: Portal Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here